Contactos

SISTEK ADMINISTRADORA

  • Pessoa de contato: ADM: Paulo Silveira / CRECI: 55.549 Rosane Silveira / Secretária: Anna Paula
  • Telefone: +55 (051) 3715-64-85
  • +55 (051) 99666-17-09 ramal vivo, Whatssap
  • Skype: sistek24h
  • Endereço postal: Rua: Capitão Fernando Tatsch 1108, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, 96845-840, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

PAPO FURADO OU PROFISSIONALISMO E REALIZMO.

22/04/14 16:14

Muitas coisas são ditas sobre a corretagem imobiliária e a profissão de vendedor, como por exemplo, que se trata de um dom inato. Fato ou mito?

Atuar como corretor de imóveis não é uma tarefa fácil e quem pertence à área tem plena consciência disso. Um dos aspectos que pode proporcionar dificuldades são as habilidades que a profissão exige, com as quais certas pessoas têm maior facilidade e outras nem tanto.

Devido a isso, muitos mitos e dizeres são difundidos e para quem quer entrar na área, diversas inseguranças podem surgir devido a esse senso comum. Vejamos agora um pouco daquilo que não passa de mitos na corretagem imobiliária.

Quebrando paradigmas

Ser vendedor (corretor de imóveis) é uma habilidade inata: esse, talvez o mais comum mito de todos, é ouvido com frequência. Não dá pra negar a facilidade que certas pessoas possuem naturalmente para convencer clientes e realizar vendas.

No entanto a questão é que essa é uma habilidade aprendida como qualquer outra. Obviamente que exige esforço e dedicação, assim como todo aprendizado, porém não é nada de outro mundo.

Em qualquer profissão existe o lado técnico e o chamado feeling. O primeiro é obtido à base de absorção do conhecimento a respeito de um determinado assunto e o segundo é o que se adquire através da intuição e da experiência, tornando-se melhor com o passar do tempo. O que pode acontecer é a pessoa possuir um perfil que naturalmente favoreça o feeling dela para vendas, o que pode ser, da mesma forma, moldado. Então, se você se considera introvertido ou algo do tipo, não desanime!

Corretagem imobiliária quer dizer aguardar clientes ávidos por uma compra: outra interpretação equivocada sobre o trabalho de corretor de imóveis é achar que a profissão se resume a aguardar por clientes prontos a gastar suas economias com um imóvel. Ledo engano.

Atuar com corretagem imobiliária envolve trabalho (e muito!). Não espere ficar sentado em um escritório com ar condicionado enquanto os clientes se amontoam à sua porta. É necessário estudo, aprimoramento, networking, visitas e por ai vai. Saiba que se quer entrar nessa área, ela pode ser muito compensadora para quem se esforça, mas não tem nada de dinheiro fácil.

A mesma postura funciona com todos os clientes: trabalhar com corretagem imobiliária é atuar com pessoas. Isso quer dizer que existe diversidade e, como em tudo na vida, as coisas só funcionam se ela é respeitada. É preciso entender o cliente, se colocar no lugar dele e saber que cada venda não é simplesmente mais uma. Pessoas diferentes querem coisas diferentes e tentar obter uma fórmula perfeita de vendas é subestimar esse aspecto.

Corretagem imobiliária é uma profissão de rápido enriquecimento: por fim, um mito alimentado por muitas corretoras em busca de recrutar novos talentos. Considerar que qualquer profissão trará frutos da noite para um dia é um erro, e ele se agrava em um ambiente inicialmente incerto, como o do corretor de imóveis.

O mercado da corretagem imobiliária exige alto poder de adaptação de seus novos profissionais, principalmente no que se refere a sangue frio em uma economia altamente oscilante. Não espere ganhar rios de dinheiro sem muito trabalho e dedicação, pois tudo dependerá de suas vendas, ou seja, como em qualquer profissão, produzir mais representa maiores ganhos, não existe mágica.

Não se iluda

Ser um bom corretor de imóveis pode sim trazer ótimos frutos a quem se dedica e preza pela excelência. Não espere, porém uma vida fácil, pois é uma profissão com qualquer outra, com vantagens e desvantagens, e que vai exigir o seu melhor sempre.