Contactos

SISTEK ADMINISTRADORA

  • Pessoa de contato: ADM: Paulo Silveira / CRECI: 55.549 Rosane Silveira / Secretária: Anna Paula
  • Telefone: +55 (051) 3715-64-85
  • +55 (051) 99666-17-09 ramal vivo, Whatssap
  • Skype: sistek24h
  • Endereço postal: Rua: Capitão Fernando Tatsch 1108, Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, 96845-840, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

Corretor imobiliário: 6 dicas para arruinar o seu negócio

27/02/14 19:28

Muitos corretores imobiliários, na ânsia de concretizar novas vendas, utilizam caminhos e estratégias que fazem mais mal do que bem.

Independentemente de você trabalhar em uma corretora de imóveis ou de forma autônoma, deve entender que nem tudo é válido na hora de intermediar um processo de aquisição.

O corretor imobiliário vive de vendas, que, em boa parte dos casos, dependem de uma boa imagem no mercado. Sendo assim, o maior erro que ele pode cometer é encarar uma negociação como a última. Seguem alguns erros que podem minar as forças de qualquer negócio imobiliário.

6 falhas clássicas

Mentir para um cliente: Atribuir características falsas a um certo produto ou às condições de aquisição desse é um verdadeiro veneno para as atividades de qualquer vendedor. O corretor imobiliário jamais deve proporcionar surpresas desagradáveis a seus clientes, pois além de antiético, a propaganda “boca a boca” é uma das mais fortes da atualidade, o que poderia afundar sua imagem no mercado.

Prometer o que não pode cumprir: Esse é um dos principais problemas quanto à venda de imóveis ainda na planta. Geralmente as construtoras e corretoras de imóveis trabalham com prazos extremamente apertados que são repassados, irresponsavelmente, como certos aos clientes. Na maior parte dos casos, os mesmos estouram, provocando extrema frustração e atrapalhando negócios futuros.

Falta de compromisso com sua corretora de imóveis: Se você trabalha como corretor de imóveis e decidiu se vincular a uma organização é preciso manter-se leal a ela. Jamais tente fazer negócios “por fora” com clientes dela, enquanto o vínculo for vitalício, e sempre seja ético ao falar do local para o qual trabalha. A falta de compromisso é uma falha séria, pois é antiética e, se descoberta, poderia fechar muitas portas profissionais no futuro.

Falta de compromisso com seu cliente: O corretor imobiliário precisa atuar de forma íntegra. O ideal é que sempre seja tudo feito de maneira formal e dentro das conformidades legais, porém caso ocorram acordos “apalavrados” com clientes, é preciso cumpri-los. Se, por exemplo, concorda-se em “segurar” determinado imóvel para um cliente, vende-lo a outro, ainda dentro do prazo de espera dado, seria completamente contra procedente. Concretizar-se-ia uma negociação, porém outra seria perdida e ainda haveria o risco de ficar marcado como um profissional não confiável.

Mudar o tratamento após a concretização do negócio: Um corretor imobiliário sempre deve ter muito cuidado ao gerenciar o relacionamento com seus clientes. Não é porque uma venda foi concretizada que o tratamento deve mudar. Sempre mostre-se solícito em esclarecer dúvidas posteriores e em atender com qualquer necessidade do cliente, relacionada ao imóvel. Isso pode muito bem viabilizar negócios futuros e proporcionar um marketing positivo.

Falta de planejamento: Por fim, o último erro destacado diz respeito à falta de planejamento financeiro por parte do corretor imobiliário. Qualquer profissional que vive de vendas precisa analisar com muito cuidado a saúde do seu negócio. É necessário conhecer a forma como as vendas podem oscilar e estar preparado para isso. Os negócios concretizados hoje podem ser os pilares de sustentação de períodos menos favoráveis no futuro e desconsiderar isso poderia arruinar todo o trabalho.

Ética, bom senso e conhecimento

Como visto, as seis falhas advém da falta de bom senso, ética e/ou conhecimento. Sendo assim, se você cometeu ou comete alguma delas, já não tem mais desculpas para tanto. É preciso mudar de postura e seguir em frente.

A corretora de imóveis e o corretor imobiliário vivem da imagem que transparecem aos clientes. Sendo assim, certos deslizes e, principalmente, a recorrência deles pode significar o fim do negócio.

Analise cada situação com muito cuidado e lembre-se que os clientes são pessoas como você, que desejam ser tratadas com respeito. Perder o foco nesse aspecto é uma falha crucial, irremediável na maioria das vezes.
CRECI: 55.849 – Rosane Cristina Petry Silveira.